10 passos para um Brasil grande

Para um país grande, pessoas devem pensar grande

A cidadania é fundamental no processo de construção de um país. É a prática cotidiana dos direitos e dos deveres de cada indivíduo, a busca constante pelos interesses coletivos. É nosso dever estimular o pensamento crítico, o senso de pertencimento e a luta pelos ideais de vida.

País grande tem família forte

A família é o pilar fundamental de sustentação da nação. É na família, e não apenas no indivíduo, que está a última resistência da sociedade contra o caos e as mazelas . Por isso, enquanto cidadãos, devemos seguir lutando contra aqueles que querem destruí-la.

País grande faz da educação prioridade

É em casa que se aprende a cidadania, ou seja, os direitos, sobretudo os deveres, da vida em sociedade. Mas ao Estado cabe um ensino forte, moderno e aplicado à futura vida profissional das nossas crianças e adolescentes. O professor deve ser valorizado e reverenciado.

País grande diminui impostos

Se não melhorar a gestão, corrigir erros e acabar com a corrupção, nunca o dinheiro recolhido com impostos será suficiente. Sempre vai faltar. E sempre será preciso arrancar da população aquilo que já custa muito caro. É nosso dever redefinir a rota do país.

País grande reduz o tamanho e o peso do Estado

Está claro que a máquina pública é muito grande, pesada e ineficiente. Muito dinheiro que deveria chegar na ponta, para benefício das pessoas, acaba se perdendo na burocracia e na manutenção de muitos cargos públicos que poderiam deixar de existir.

País grande estimula o empreendedorismo e não pune empresários

Riqueza e emprego são gerados pelo setor produtivo, não pelo governo. É nosso dever trabalhar para incentivar cada vez mais os empreendedores e tirar o peso da máquina estatal de cima de quem trabalha, com menos impostos e menos burocracia.

País grande gera empregos de qualidade

Com um Estado menor, com menos impostos e menos burocracia, o empreendedor investe no seu negócio e gera novos e melhores empregos. Dois endereços dão dignidade às famílias: o de casa e o do trabalho. Vamos perseguir esse objetivo.

País grande não abandona os pequenos

Não há dignidade maior a um pai ou mãe de família do que conseguir sustentar sua própria casa. Mas todos estão sujeitos às dificuldades e por isso mesmo o Estado não pode abandonar, ainda que de forma momentânea, essas pessoas à própria sorte.

País grande, povo saudável

A saúde, assim como a educação, é essencial para uma nação forte. Com o rearranjo do Estado, ao estancar a gastança naquilo que não importa, sobrará mais recursos para atender a este setor que enfrenta os maiores desafios todos os dias.

País grande respeita a fé individual

O Brasil é um país livre, com um povo livre, e por isso mesmo é dever do Estado garantir que todas as manifestações de fé, coletivas e individuais, sejam garantidas e respeitadas, como está na Constituição. Qualquer tentativa de atacar e ameaçar as religiões deve ser enfrentada.