Marcos Pereira

Conheça Marcos Pereira

Marcos Antonio Pereira, ou simplesmente Marcos Pereira. Capixaba de 44 anos, evangélico, advogado e presidente nacional do Partido Republicano Brasileiro – PRB. Servo. Apenas servo, como ele costuma dizer.

Nascido em Linhares, no interior do Espírito Santo, casou-se aos 19 anos com Margareth Pereira, seu grande amor do colégio. Um pouco antes, aos 17, abrira seu escritório de contabilidade em sociedade com dois colegas de trabalho.

Marcos Pereira não conheceu sua mãe biológica. A empregada doméstica que engravidou do patrão em São Paulo voltou para o Espírito Santo e, numa pensão às margens da BR-101, entregou seu filho assim que nasceu.

Quem vê o líder forte e o advogado de sucesso de hoje não imagina sua história comovente. Como se os problemas não bastassem, o casal que o adotara se separou quando ele tinha cinco anos. Cresceu com avó paterna.

Margareth sempre foi a inspiração de Marcos Pereira. Foi ela quem lhe falou pela primeira vez sobre Jesus. Juntos lutaram, juntos cresceram e juntos estão até hoje, 25 anos depois do “sim”. E é para sempre.

Profissionalmente, Marcos Pereira cresceu rápido. Em 1995 já era diretor administrativo e financeiro da TV Record do Rio de Janeiro, onde permaneceu até o final de 1999, quando assumiu a Rede Mulher de Televisão.

Em 2003 tornou-se vice-presidente da Rede Record de Televisão, a segunda maior emissora do Brasil. Marcos Pereira foi o responsável pelo redirecionamento e pela trajetória econômica da empresa.

Neste período, que terminou em 2009, a Record registrou seu maior crescimento desde a fundação da emissora, na década de 50. As transformações foram sentidas nas áreas de finanças, jurídica, recursos humanos e tecnologia.

Concomitante a isso, em 2003, tornou-se sócio da LM Consultoria, empresa de consultoria e auditoria nas áreas contábil e fiscal. Em 2011, Marcos Pereira foi eleito por aclamação presidente nacional do PRB. Voltaremos a isso.

Em 2013, ele deixa a LM Consultoria e funda a Pereira, Moraes e Oliveira Sociedade de Advogados – hoje Marcos Pereira e Oliveira Sociedade de Advogados, onde atualmente é responsável pelo planejamento e condução das atividades.

2011: Marcos pereira assume o PRB

Considerado por ele como um dos maiores desafios da sua vida, Marcos Pereira assume a presidência nacional do PRB em 9 de maio de 2011 por aclamação. O executivo e advogado tornara-se também líder político. Seara nada fácil.

Dois meses após tomar posse, ele reuniu a Executiva Nacional para planejar o futuro do partido. Como em todas as coisas que colocara as mãos para fazer, o PRB também viria a ter sua marca de sucesso.

Marcos Pereira ganha notoriedade política pela habilidade na articulação que trouxe às fileiras do partido o apresentador Celso Russomanno, atualmente o deputado federal mais votado do Brasil, com 1,5 milhão de votos.

Contrariando todas as apostas lança Russomanno candidato a prefeito de São Paulo em 2012 e atrai para a coligação um grupo de seis partidos, incluindo o tradicional PTB, que indicou o vice na chapa.

Embora tenha liderado a disputa durante a maior parte da campanha, enfrentando as poderosas máquinas públicas dos governos federal e estadual, Russomanno sucumbe aos ataques desmedidos dos adversários.

Marcos Pereira então passa a ser respeitado no meio político pela capacidade de aglutinar forças e construir diálogos. O foco se volta ao planejamento inicial, aquele de 2011, e a meta é crescer.

PRB cresce mais que todos partidos

Sob a liderança de Marcos Pereira, o PRB salta de oito para 21 deputados federais e se torna o partido que mais cresceu, numérica e percentualmente, no Brasil em 2014. Também foram eleitos 32 deputados estaduais e presidentes de câmaras em vários municípios.

Com a “janela” de mudança partidária, o PRB passou a ter 22 deputados federais e 39 estaduais.

Agora, ele mira novamente o futuro e planeja novo crescimento. A meta já foi lançada: quer triplicar o número de prefeitos e vereadores do PRB em 2016, inclusive com o objetivo de alcançar prefeituras de grandes cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro, onde os candidatos republicanos lideram as pesquisas.

ADVOGADO INTERNACIONAL, PROFESSOR E ESCRITOR

Marcos Pereira formou-se em Direito pela Universidade Paulista, em 2005, e especializou-se em Direito e Processo Penal pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. É inscrito na OAB/SP – nº 246.100, OAB/DF – nº 38.830 e OAP (Ordem dos Advogados de Portugal) – nº 47167L.

Ele é membro-fundador da Comunidade de Juristas de Língua Portuguesa, podendo exercer a advocacia em Portugal, e lecionou Direito Penal no Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP) entre 2010 e 2012, de onde encontra-se licenciado.

Marcos Pereira é autor do livro “O uso da informação como notícia do crime ambiental”, com prefácio do ministro Marco Aurélio Mello (STF), lançado na Livraria Cultura em São Paulo e na OAB de Brasília.

O livro propõe discutir como a informação de crimes ambientais produzida pelos meios de comunicação (imprensa) pode contribuir na investigação criminal e instalação de inquérito policial.

Marcos Pereira também é autor do artigo “Segurança do Estado e Comunicação Social”, publicado no livro ‘Estudos Jurídicos’, em homenagem ao ministro César Asfor Rocha, 20 anos de STJ, pela Editora Migalhas.

É membro da Comissão Especial de Direito Empresarial do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Conheça os projetos